ÍNTIMOS

Algumas cartas e textos íntimos, alguns com destino certo, outros apenas do tipo catarse, desabafo.

Meu pai entrou em depressão. Nós, à sua volta, fomos, forçosamente, abalados. Quem sabe lidar com a depressão do outro? Por conta de meus sentimentos, escrevi  o conto Peregrino Errante e duas mensagens a ele. O objetivo era um só: quem sabe algum pedaço de frase, de pensamento, o ajudasse a sair daquela?

CARTA AO MEU PAI EM DEPRESSÃO - 16-10-2000

CARTA AO MEU PAI EM DEPRESSÃO - 03/11/2000

------------------------------------------------------------------------------



Minha mãe faleceu no dia 15 de julho. Hoje já não atribuiria a sua morte à negligência. Ela ocorreria em breve de qualquer modo, pois a metástase já havia tomado conta. Mas a negligência existiu.


------------------------------------------------------------------------------

Meus primeiros escritos foram mensagens a:

AMIGOS

Carta ao Giovanni - Aniversário - 09-11-1968

Carta ao Giovanni - Agradecimento - 1983

Carta aos Amigos da Saudosa Picêta - 17/09/1969 

Carta aos Sacanas dos meus Amigos - 11/12/1969


NAMORADA:

Carta a Regina - Astronauta do Amor - 28/01/1970

Carta a Regina - 11-03-1970

Carta aos meus Pais - 22/8/1971

Carta ao Sindico - Cadastro de Moradores - 30/06/1998

Carta ao Síndico - Campo de Futebol - 2/5/1999

Carta a José de Matos - Filósofos - 7-9-2013

As duas cartas a seguir foram para a seção "Cartas do Leitor". Os temas persistem até hoje, aliás, estão mais em voga do que nunca.

Para Carta do Leitor - Botando a Colher - 15/8/2005

Para Carta do Leitor - Elite Subsidiada - 14/5/1994

Fui motivado a buscar as informações que estão reunidas no documento a seguir, quando minha filha ficou grávida. Hoje, já sou avô de quatro netos! A intenção é de ajudar toda a família a entender melhor o processo que se passa com todo novo ser humano que vem ao mundo.

Imprima. Prenda em algum lugar. Talvez ao lado do espelho que é para onde você mais olha o tempo todo. Ou não?

ETAPAS DO DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA - 15/11/2005

------------------------------------------------------------------------------

Um primo com quem convive muito na pré-adolescência foi abatido pela ELA (Escrerose Lateral Amiotrófica), incurável e degenerativa.

MENSAGEM A PAULO HENRIQUE VEIGA 
------------------------------------------------------------------------------

Em 1995 estava no desvio, pegando freelas eventuais. Em crise existencial. Tentando encontrar um caminho que me levasse a um futuro ensolarado. é um texto de coração aberto e sangrando, mas que ajudou a e me descobrir.

LIBERDADE ENJAULADA - 1995

------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião. Discorde, concorde, acrescente, aponte algum erro de informação. Participe deste blog.

Obrigado.